Itaberaí

Notícias da cidade Eventos da cidade

Informações da cidade

  • Cidade
  • Administração
  • Turismo
  • Hospedagem
  • Gastronomia


G3Home 300x100
s02




A cidade de Itaberaí originou-se da reunião de fazendeiros da região, que em meados do século XVIII, arrotearam as matas do rio das Pedras para suas plantações. Com o passar do tempo, com as rezas e ladainhas nas casas dos fazendeiros, resolveu-se edificar uma pequena capela em louvor a Nossa Senhora D`Abadia, que assim tornou-se a padroeira da localidade. A capela foi construída não muito distante de pequeno curral ali existente, advindo daí o nome da povoação que pro mais de um século ficou conhecida como Curralinho.
Já em 1779 o arraial contava com um bom número de moradores, sendo digno de ser mencionado em um mapa da Capitania de Goiás.
Em 9 de novembro de 1868, emancipou-se da Cidade de Goiás, sendo elevado à categoria de Vila, constituindo assim o 18º município goiano. Pela Lei nº 253, de 22 de julho de 1903, foi elevada à categoria de Cidade. Em 5 de agosto de 1924, por iniciativa do deputado Benedito Pinheiro de Abreu, teve o seu nome mudado para Itaberaí, que na língua indígena significa “rio das Pedras Brilhantes”.
Até 1930, Itaberaí possuía um imenso território que incluía os municípios de Itauçu, Araçu, Inhumas, Taquaral, Itaguari e Heitoraí.
Seus mananciais mais importantes são os rios das Pedras e Uru, os ribeirões Pedro Felipe, Bugre, Palmital e José Manoel. A maioria de se relevo é plano, exceto no Nordeste, onde se encontram as serras de Gongomé, Fazendinha e Lajes. A gruta de Gongomé, com profundas galerias, no povoado do mesmo nome, constitui programa indispensável para os turistas.
As suas terras são férteis, propiciando as culturas de milho, soja, arroz e feijão e pecuária leiteira de corte, com produção de queijo.
Em suas terras pode ser encontrada grande quantidade de madeira de lei, além de uma rica flora medicinal, destacando-se a arnica, o velame, a caroba, o jaborandi, o sabugueiro, a arruda, o bálsamo e a quina de campo.
Entre seus filhos ilustres destacam-se os ex-governadores, Salatiel Simões de Lima e José Ludovico de Almeida; os médicos Gilberto da Silva Caldas e Francisco Ludovico de Almeida; o radialista Jeovah Baylão; os políticos Jeônimo Pinheiro de Abreu, Balduíno da Silva Caldas, Tércio Caldas e Nicanor de Faria e Silva; os escultores Nelly Alves de Almeida, Edmundo e José Pinheiro de Abreu, Carlos de Faria e Jacintho Luiz da Silva Caldas; os Jornalistas Benedito Monteiro e Honestino Guimarães; os historiadores Zoroastro Artiaga e os pintores Caramuru Brandão, Vanda Pinheiro e Zanoni de Goiás Pinheiro.
É cortada pela rodovia GO-070. Entre suas fastas mais importantes estão a de São Sebastião, em janeiro, as festas juninas e a de Nossa Senhora D`Abadia, padroeira em agosto.


DADOS DA CIDADE


Aniversário da Cidade
09 de novembro

População
36.503

Distância de Goiânia:
102 km



Silhueta
Prefeito: Carlos Roberto da Silva
Endereço e Telefone da Prefeitura: Pça. Balduíno da Silva Caldas, s/n.
(62) 3375-2996

Silhueta
Vice-Prefeito:


Camara de vereadores

Presidente: Nome do presidente da Câmara
Telefone: (XX) XXXX-XXXX

Vereadores

  • Nome do Vereador
  • Nome do Vereador
  • Nome do Vereador
  • Nome do Vereador
  • Nome do Vereador
  • Nome do Vereador



100x100AGUARDANDO DADOS


100x100AGUARDANDO DADOS

anuncio 300x90



AGUARDANDO






100x100AGUARDANDO

anuncio 300x90